Pular para o conteúdo principal

Sobre os Oráculos recebidos em Sonhos


As coisas naturais e seus compostos também pertencem aos magos, e usamo-las frequentemente para receber oráculos dos espíritos através de sonho. Podem ser incensos, unções, alimentos, bebidas, selos, anéis, etc. 

Aquele que desejar receber oráculos num sonho ou através dele, deve fazer para si um anel solar ou saturnino para este propósito. Existem imagens de sonhos que, colocadas sob a cabeça ao adormecer, produzem efetivamente sonhos verdadeiros de qualquer coisa que a mente determinara antes ou considerara, cuja execução é a seguinte:

Fazer uma imagem do Sol, cuja figura deve ser a de um homem adormecido no colo de um anjo, feita por ocasião da ascensão de Leão, com o Sol na nona casa de Áries. Escrever na figura o nome do efeito desejado, e na mão do anjo o nome da inteligência do Sol. Fazer a mesma imagem em Virgem ascendente, com Mercúrio favorável na nona casa de Áries, ou em Gêmeos ascendente, com Mercúrio favorável na nona casa de Aquário, recebendo Saturno num aspecto favorável, e escrever nele o nome do espírito. Fazer o mesmo em Libra ascendente, com Vênus sendo recebido de Mercúrio em gêmeos, na nona casa, e escrever nela o anjo de Vênus. Pode-se fazer a mesma imagem com Aquário ascendente, Saturno possuindo favoravelmente a nona casa no ápice, que é Libra. Escrever nela o anjo de Saturno. O mesmo pode ser feito com Câncer ascendente, a Lua sendo recebida por Júpiter e Vênus em Peixes, favoravelmente posicionada na nona casa, e escrever nela o espírito da Lua.

Existem anéis de sonhos de extraordinária eficácia. Há anéis do Sol e de Saturno, e sua constelação é quando o Sol ou Saturno ascendem no ápice da nona casa, e quando a Lua se une a Saturno na nona casa e no signo que fora a nona casa do nascimento. Escrever e gravar nestes anéis o nome do espírito do Sol ou de Saturno. Seguindo estas regras, pode-se saber mais porsi mesmo. Essas imagens nada operam (por serem simples imagens) a menos que sejam vivificadas por uma virtude espiritual e celeste, e principalmente pelo intenso desejo e firme intenção da alma do operador.

Mas quem pode dar uma alma a uma imagem, ou fazer viver uma pedra, um metal, a argila, a madeira, a cera ou o papel? Certamente homem algum o fará, pois este arcano não entra num artista teimoso, mas somente naquele que transcende o progresso dos anjos e atinge o arquétipo com o próprio esforço.

As tabelas de números conferem também o recebimento de oráculos se formadas devidamente sob suas próprias constelações. As tabelas sagradas e os papéis também servem para este efeito, se forem compostos de maneira especial e consagrados. Assim são o Almutel de Salomão e a Tabela da Revolução do nome Tetragrama; e as coisas deste tipo, escritas para produzir estes efeitos, compostas de diversas figuras, números. Escrituras Sagradas e gravuras, com inscrições de nomes divinos de Deus e nomes dos anjos santos, cuja composição é tirada de diversos locais das Escrituras Sagradas. Salmos e versículos; e com outras promessas, tiradas das revelações e profecias divinas.

O mesmo efeito tém as preces sagradas e as súplicas dirigidas a Deus e aos anjos abençoados. As súplicas devem ser compostas, como mostramos, seguindo alguma semelhança religiosa, mencionando as coisas que tencionamos fazer, como por exemplo o sonho de Jacó, de José, do Faraó, de Daniel e de Nabucodonosor, no Velho Testamento, e o sonho de José no Novo Testamento, os dos três sábios ou magos e o de João o evangelista adormecido no colo do Senhor; e todas os textos deste tipo encontrados na religião, nos milagres e nas revelações. Uma vez composta a súplica, devese ir dormir com uma firme intenção, e então, sem dúvida a súplica terá um efeito extraordinário.

Aquele que desejar receber oráculos verdadeiros através de sonhos, que se abstenha do jantar, da bebida e tenha uma boa disposição para que seu cérebro esteja livre de vapores turbulentos. Deve ter seu quarto de dormir limpo e bem arrumado, exorcizado e consagrado, se quiser. Em seguida acender um incenso com aroma conveniente, ungir suas têmporas com um unguento eficiente para o propósito, colocar um anel de sonhos no dedo, tomar uma das imagens das quais falamos, uma tabela sagrada ou um papel, e colocá-lo sob a cabeça, fazer uma prece fervorosa, e preparar-se para dormir, meditando sobre aquilo que deseja saber. Assim receberá no sonho um oráculo certo e indubitável, quando a Lua passar pelo signo que estava na nona casa de seu nascimento, e também quando a Lua passar pelo signo da nona casa da revolução de seu nascimento, e quando estiver no nono signo do signo que fecha o círculo.

Esta é a maneira de obter todas as ciências e artes existentes, seja na alquimia, na magia ou em qualquer outra arte, repentina e perfeitamente, com uma verdadeira iluminação do nosso intelecto, embora todos os espíritos familiares inferiores conduzam para este fim e às vezes também os espíritos malignos nos informem intrínseca e extrinsecamente.

Fonte: Magus por Francis Barrett

Postagens mais visitadas deste blog

Onde você deve usar os sigilos dos anjos em um ritual de Trithemius!

Por Robson Bélli Os sigilos dos anjos são usados no lamen, entenda que por lamen o seguinte: Lamen é um termo geral para um pingente mágico pendurado no pescoço de modo que paire sobre o peito, à altura do coração. Seus usos variam, mas geralmente é um mandamento de autoridade. O mago usa um lamen que é uma representação simbólica de suas relações com a divindade. Ele utiliza lamens feito dos selos/sigilos dos espíritos que ele deseja comandar. Ele tem sido descrito como "uma espécie de brasão; exprime o caráter e a competência do usuário". Um tipo de lamen é o talismã que funciona como um depósito de algum tipo particular de energia, do tipo que é necessário para realizar a tarefa para a qual a pessoa o construiu. O pentáculo ou pentagrama, que é muitas vezes confundido com um lamen, é também chamado de "Minutum Mundum", "Universo em Miniatura". Várias Ordens Mágicas usam ou usaram Lamen, incluindo a Ordo Templi Orientis e a Ordem Hermética da Aurora Dour

Desvendando o mistério da magia ineficaz: razões e soluções

Por Robson Belli A magia cativou as pessoas por séculos, pois a ideia de aproveitar os poderes dos anjos para manifestar nossos desejos tem sido uma fonte de fascínio e especulação por gerações. No entanto, apesar de seu fascínio, muitas pessoas que praticam magia podem ficar desapontadas quando não veem os resultados que esperam. Neste artigo, vamos explorar por que isso acontece e o que você pode fazer para superar esse desafio. Por que a mágia não está funcionando para você? Pode haver várias razões pelas quais você não está vendo os resultados que deseja em suas práticas mágicas. Alguns dos motivos mais comuns incluem: Falta de Crença A crença é um dos componentes mais críticos da magia. Se você realmente não acredita no poder da magia, terá dificuldade em manifestar seus desejos. Você tem que entender que a magia é um processo que exige que você tenha fé em si mesmo e no todo poderoso, e em seu poder. Práticas inconsistentes Outra razão comum pela qual a magia não está funcionando

Sobre o método de evocar Espíritos Malignos, ou Familiares ou almas e as sombras dos mortos, por meio de um Círculo magico

É conveniente dizer alguma coisa sobre os meios usados pelos exorcistas para evocar ao círculo os assim chamados espíritos malignos e os métodos de chamar os fantasmas ou as almas dos que morreram de morte violenta ou prematura. Quando alguém pretende chamar ao círculo um espírito maligno, deve primeiro considerar e conhecer sua natureza, e a que planetas ele corresponde, e que encargos lhe são atribuídos pelo planeta. Sabendo isto, deve procurar um lugar adequado e conveniente para sua invocação, relacionado-o com a maior precisão possível à natureza do planeta e à qualidade dos encargos do dito espírito. Caso seu poder seja sobre o mar,rios ou enchentes, que o lugar seja a praia, e assim por diante. Escolher uma ocasião adequada à qualidade do ar (sereno, calmo, limpo e favorável para o espírito assumir um corpo), assim como à qualidade e à natureza do planeta e do espírito, como, por exemplo, seu dia e sua hora de soberania, pois a ocasião pode ser favorável em algumas horas do dia